Apib divulga carta questionando política indigenista do segundo mandato de Dilma

Printer-friendly version

Em carta divulgada à opinião pública, a Associação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) classifica o discurso antiindígena da ministra da Agricultura Kátia Abreu, em sua posse, de "neocolonizador, autoritário e etnocêntrico". E pergunta qual será a marca da política indigenistas do segundo mandato de Dilma. Lembra ainda que quando foi empossada, a Presidente enfatizou seu compromisso em defesa de direitos conquistados quando disse: "Nenhum direito a menos, nenhum passo atrás, só mais direitos e só o caminho à frente. Esse é meu compromisso sagrado perante vocês. Esse é o juramento que faço nessa praça". Leia a carta na íntegra .

ISA