2016 foi mesmo o mais quente, diz agência

Esta notícia está associada ao Programa: 
Temperatura no ano passado chegou a 1,3º C acima da média pré-industrial, quase alcançando a meta de 1,5oC de limite “aquecimento seguro” que países se comprometeram a tentar atingir em Paris. O gráfico mostra as temperaturas na Terra de 1800 a 2016. Do Observatório do Clima
Printer-friendly version

O Serviço Copernicus de Mudança Climática, um órgão da União Europeia, publicou nesta quinta-feira a primeira de várias análises que virão nos próximos dias confirmando que 2016 foi de fato, e de longe, o ano mais quente da história.

Segundo a agência europeia, a média de temperatura do ano passado foi de 14,8º C. Ela foi 0,2ºC mais alta do que a de 2015, até então o recordista absoluto de calor. No total, a Terra chegou a 1,3ºC acima da média da era pré-industrial. Leia a notícia na íntegra no site do Observatório do Clima.

Observatório do Clima
ISA
Imagens: