Nota da Norte Energia

Programa: 
Printer-friendly version

A Norte Energia, empreendedora da Usina Hidrelétrica Belo Monte, vem por meio desta requerer direito de resposta com relação à matéria “Com 43 respiradores e sistema de saneamento incompleto, Altamira teme chegada da Covid-19”, publicada pelo site Instituto Socioambiental, em 08/04/2020.

Com relação ao panorama da saúde em Altamira, a Norte Energia informa que, no que diz respeito às ações previstas no licenciamento ambiental da Usina Hidrelétrica Belo Monte, investiu na construção, reforma e equipagem de hospitais de baixa e média complexidade em Altamira, Vitória do Xingu e Anapu. A empresa também garantiu 31 novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) à região, equipadas com consultório odontológico, com capacidade de cobertura para até 12 mil pessoas.

Vale ainda destacar que dos 20 leitos de UTI mencionados pela reportagem, 10 foram viabilizados por meio das ações implementadas pela empresa a partir da construção do Hospital Geral de Altamira, orçado em mais de R$ 33 milhões, que possibilitou a ampliação do atendimento aos usuários e melhorou as condições de trabalho dos profissionais de saúde. O equipamento foi entregue com capacidade para 104 leitos e moderno centro cirúrgico, além de estruturas administrativa, assistencial e cozinha totalmente equipadas.

No campo da Requalificação Urbana, foram promovidas significativas melhorias nas condições sanitárias para a população de Altamira. A empresa realizou, na área urbana da cidade, a implantação do sistema de coleta e tratamento de esgoto, ampliação do sistema de captação e abastecimento de água, bem como a construção de mais de 500 quilômetros de redes de água e esgoto e de cerca de 19 mil ligações intradomiciliares.

Destaca-se ainda que, no período entre 2011 e 2018, as obras executadas pela Norte Energia elevaram o acesso à água tratada na cidade de 13% para 92% da população, enquanto o tratamento de esgoto saiu de zero para 92% da população, de acordo com dados da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa). Todos os sistemas já foram entregues à municipalidade.

Diferentemente do que aponta a reportagem, as 3,8 mil casas construídas nos cinco novos bairros implantados pela empresa em Altamira (São Joaquim, Casa Nova, Jatobá, Água Azul e Laranjeiras) foram entregues com infraestrutura urbana completa e residências interligadas às redes de água e esgoto municipais. Importante destacar que o fornecimento de água aos novos bairros, trabalho atualmente operado pela municipalidade, seguiu normas técnicas e foi dimensionado para atender à demanda dos moradores.

Por fim, a Norte Energia ressalta que tem cumprido rigorosamente com suas obrigações relacionadas às condicionantes previstas no âmbito do licenciamento ambiental da Usina Hidrelétrica Belo Monte e reitera seu compromisso de apoiar órgãos responsáveis pela execução das políticas públicas na região.