Quilombolas

Estado de São Paulo reconhece quatro comunidades quilombolas do Vale do Ribeira

Às vésperas do Dia da Consciência Negra, comemorado nesta quinta-feira (20), o governo paulista anunciou o reconhecimento das comunidades de Abobral da Margem Esquerda, Engenho, Bombas e Aldeia

Feira de sementes e mudas do Vale do Ribeira reúne cerca de 400 pessoas em Eldorado (SP)

Pelo sétimo ano consecutivo, as comunidades quilombolas do Vale Ribeira (SP) debateram, avanços, dificuldades e desafios que têm pela frente para continuar a trabalhar em suas roças.Depois expuseram suas sementes e mudas na feira de trocas

Soberania alimentar, cultura e renda serão temas de debate na feira de sementes do Vale do Ribeira

Nos dias 22 e 23 de agosto, a cidade de Eldorado, no Vale do Ribeira, recebe a VII Feira de Troca de Sementes e Mudas Tradicionais dos quilombos do Vale do Ribeira. O seminário que se realiza na véspera terá novo formato com rodas de conversas.

Eldorado (SP) sediará feira de sementes quilombolas e feira estadual em agosto

A sétima edição da Feira de Troca de Sementes e Mudas Tradicionais dos quilombos do Vale do Ribeira, evento anual que faz parte do calendário dessa região do interior paulista acontecerá nos dias 22 e 23 de agosto. Paralelamente acontecerá também a Feira de Sementes Crioulas do Estado de São Paulo

Quilombolas e indígenas reivindicam adaptação de Cadastro Ambiental Rural à sua realidade

Defesa de mudanças em sistema de cadastramento de propriedades está em documento encaminhado a autoridades e elaborado em seminário no Vale do Ribeira (SP) que discutiu aplicação de nova lei florestal

Quilombos do Ribeira recebem autorização para fazer suas roças tradicionais

Depois de seis anos de discussão e mobilização, finalmente, os quilombolas do Vale do Ribeira (SP) poderão fazer suas roças em paz. Acabam de ser emitidas as licenças ambientais para abertura de novas roças

ISA lança livro Inventário Cultural Quilombola do Vale do Ribeira nesta sexta (23/8), em Eldorado

Resultado de um processo participativo que incluiu 20 agentes culturais locais e realizou 590 entrevistas com 213 quilombolas, a publicação reúne textos sobre os bens culturais identificados em 16 quilombos do Vale do Ribeira

Pages