Coiab pede apoio aos governadores dos estados amazônicos na defesa dos direitos indígenas

Versão para impressão

A Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) divulgou carta aberta aos governadores dos nove estados amazônicos (Amazonas, Acre, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão) com o objetivo de estabelecer uma canal de diálogo e expressar reivindicações e inquietudes em relação às políticas públicas de direitos voltadas aos povos indígenas da Amazônia.

Representante dos povos indígenas da Amazônia Legal Brasileira na luta por seus direitos básicos (terra, saúde, educação, economia e interculturalidade), a Coiab reconhece na carta que houve avanços importantes no respeito à diversidade e pluralidade. Mas que há um processo de desrespeito aos direitos indígenas quanto às suas terras, identidades e culturas. Leia a carta na íntegra.

Arquivo: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.