Mercado de Pinheiros inaugura Conexão São Paulo-Biomas nesta quarta (16/3)

Versão para impressão

A Conexão São Paulo-Biomas, é uma iniciativa do Instituto ATÁ em parceria com a Prefeitura de São Paulo, o Instituto Socioambiental (ISA), o Instituto Auá, a Central do Cerrado, o grupo Quintana e o Mocotó Café. São quatro novos boxes: Amazônia, Cerrado, Pampas e Mata Atlântica. Você é nosso convidado. Venha conhecer!

O ISA está presente nos boxes Amazônia e Mata Atlântica como facilitador da comercialização de produtos dos indígenas do Alto Rio Negro (AM), do Xingu (MT), dos extrativistas da Terra do Meio (PA) e dos quilombolas do Vale do Ribeira (SP), na Mata Atlântica.

Venha conhecer a pimenta e a cerâmica dos índios do Alto Rio Negro, no noroeste amazônico; o Mel dos índios do Xingu e o especialíssimo óleo de pequi dessas populações indígenas, além da cerâmica dos Waujá e dos utensílios de cozinha dos índios Yudjá, que habitam o Parque Indígena do Xingu. Experimente a castanha do Pará e a farinha de mesocarpo de Babaçu, dos extrativistas da Terra do Meio, no Pará. E também a farinha de mandioca caseira, a banana chips, a taiada e a rapadura, produzidas pelas comunidades quilombolas do Vale do Ribeira. Representantes quilombolas, indígenas e agricultores familiares estarão presentes à inauguração.


Programação

13h – 14h -Degustação de produtos dos diferentes biomas do Brasil
14h – 17h - Rodas de conversas com pequenos produtores e líderes de comunidades indígenas e quilombolas de diferentes regiões do país
14h - 14h45 - bioma Amazônia
- André Fernando Baniwa (Presidente da OIBI – Organização Indígena da Bacia do Içana e Coordenador da Rede das Casas da Pimenta) e Julia Luiza Pascoal Baniwa (Gerente na Casa da Pimenta Yamado, em São Gabriel da Cachoeira, Alto Rio Negro)
- Joanna Martins (Instituto Paulo Martins, do Pará)
- Beto Ricardo (Instituto Socioambiental e Instituto ATÁ) - MEDIADOR
- Alex Atala (Instituto ATÁ)
14h45 – 15h30 – bioma Mata Atlântica
- Beth Sá (produtora de Cambuci, em Parelheiros)
- Osvaldo dos Santos (coordenador da Cooperquivale – Cooperativa dos Quilombos do Vale do Ribeira)
- Gabriel Menezes (Instituto Auá) - MEDIADOR
- Nilson Máximo (Rancho Inhame Bravo - São Lourenço da Serra)
- Adão e Tatiane Jimenez (Estrela do Campo - Ribeirão Pires)
- Cleusa e Manoel (CambuSales - Ribeirão Pires)
- Ivânio Carvaho (Barão do Cambuci)
15h30 – 16h15 – bioma Cerrado
- Mayk Arruda (gerente da Fruta Sã e diretor administrativo da Central do Cerrado)
- Dona Cledineusa Bezerra (quebradeira de coco babaçu do Pará e diretora da Central do Cerrado)
- Luiz Corrazza (Central do Cerrado)
- Chef Bel Coelho (Restaurante Clandestino)
- Georges Schnyder (ATÁ) – MEDIADOR
16h15 – 17h – bioma Pampas
- Daniel Castelli (Monã Centro de Estudos Ambientais)
- Chef Márcio Avilla (de Pelotas, produtor de ambrosia e charque de cordeiro)
- Fabiana Shylon (Vinícola Fin)
- Marcos Livi (CGC / Quintana) – MEDIADOR
17h - Seminário - Conexão: São Paulo – Biomas
Qual o papel do alimento na relação da cidade com as florestas, o campo, as serras, o litoral e com sua preservação?
- Mediação: Gilberto Dimenstein (Catraca Livre)
- Artur Henrique (Secretário do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo)
- Alex Atala (Instituto ATÁ)
- Beto Ricardo (Instituto Socioambiental e Instituto ATÁ)
- Marcos Livi (CGC – Companhia de Gastronomia e Cultura / Quintana)
- Rodrigo Oliveira (Mocotó Café)
- Gabriel Menezes (Instituto Auá)
- Luis Corrazza (Central do Cerrado)

Serviço

Conexão São Paulo-Biomas no Mercado Municipal de Pinheiros

Rua Pedro Cristi, 89, Pinheiros

16/3 – quarta-feira

Das 13h às 18h30

Entrada gratuita

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.