Morre o professor e pesquisador Paulo Kageyama

Versão para impressão

O engenheiro agrônomo, professor e pesquisador Paulo Yoshio Kageyama, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo, faleceu nesta terça-feira, 17/5, em São Paulo. Especialista em genética e conservação de ecossistemas tropicais, em restauração de áreas degradadas e em biodiversidade, era defensor da agricultura familiar e da agroecologia. Entre 2003 e 2007, foi diretor do Programa Nacional de Conservação da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente na gestão da ministra Marina Silva. Durante quatro anos, integrou a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) onde se destacou por criticar a liberação dos transgênicos no Brasil, em especial do eucalipto transgênico, por conta dos impactos que poderia causar para as questões hídricas e de biossegurança.
.

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.