Show Demarcação Urgente! une músicos e lideranças indígenas na Casa Natura Musical

Versão para impressão

Chico César, Céu, Letícia Sabatella, Felipe Cordeiro e o guarani Kunumi MC apresentam canções que dialogam com a temática socioambiental; Sonia Guajajara também participa.

No Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6), os artistas Chico César, Céu, Letícia Sabatella, Felipe Cordeiro e o guarani Kunumi MC apresentam o show Demarcação Urgente! às 21h30 na Casa Natura Musical, em São Paulo. O espetáculo conta ainda com participação das lideranças indígenas como Sonia Guajajara. A concepção e direção artística é assinada por Carlos Rennó e a produção musical é de Xuxa Levy.

O show é baseado no clipe Demarcação Já, campanha promovida pelo Greenpeace e ISA (Instituto Socioambiental) a favor da demarcação de terras indígenas, causa fundamental na questão do meio-ambiente no Brasil. O clipe, uma canção de 15 minutos composta por Chico César (música) e Carlos Rennó (letra), teve participação de todos os músicos que se apresentem no show, além dos seguintes artistas: Djuena Tikuna, Maria Bethânia, Nando Reis, Zeca Baleiro, Margareth Menezes , Zélia Duncan, Dona Onete, Elza Soares, Lenine, Arnaldo Antunes, Zeca Pagodinho, Gilberto Gil, Ney Matogrosso, Tetê Espíndola, Lira, Zé Celso Martinez Correa, Criolo e Russo Passapusso.

No show, cada artista deve apresentar músicas de seu repertório e canções que dialoguem direta ou indiretamente com a temática socioambiental. Entre os destaques, está Chico César com Reis do Agronegócio, criada por ele em parceria com Carlos Rennó; Felipe Cordeiro com Hidrelétricas Nunca Mais, que também tem letra assinada por Rennó; Céu cantando Extra, de Gilberto Gil; Letícia Sabatella com versões de Um Índio e A Rã, ambas de Caetano Veloso; a cantora, compositora e pesquisadora indígena Marlui Miranda com música Motoserra e Kunumi MC com Demarcação Já, que apesar de ter o mesmo nome da faixa criada por Carlos Rennó e Chico César, trata-se de outra música, composta pelo MC.

A líder indígena Sonia Guajajara fará um discurso acompanhada por uma base musical. “A participação da Sonia não prevê um debate ou uma mesa de conversas – ela efetiva o show com um texto de sua autoria sobre meio ambiente, civilização, o Brasil e a natureza. Ninguém melhor do que uma líder indígena mulher para tratar desses assuntos. Isso já tem um caráter poético em si”, diz Carlos Rennó.

O DJ MAM, do Rio de Janeiro, irá apresentar ao público um projeto de sua autoria composto pela música Demarcação Já com as estrofes mixadas por mais de vinte DJs convidados, incluindo artistas do Tropkillaz. No evento também será exibida, na íntegra a música que originou o show, e o filme da campanha #PovosDaFloresta, do ISA, lançada em abril.Saiba mais aqui.

Clipe Demarcação Já

Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.