Vídeo Nas Aldeias lança campanha de financiamento coletivo no Catarse

Versão para impressão

Os recursos são para finalizar o filme Martírio sobre a saga dos índios Guarani Kaiowá e realizar oficinas de formação em audiovisual nos acampamentos que se espalham pelas estradas de Mato Grosso do Sul.

O Vídeo Nas Aldeias, organização que se dedica à produção audiovisual indígena no Brasil, colocou no ar uma campanha de financiamento coletivo. no Catarse. Como integrante da rede de apoio e solidariedade aos índios Guarani Kaiowá do Mato Grosso do Sul, sob constante ameaça, a ideia da organização é realizar oficinas audiovisuais em seus acampamentos e concluir o longa metragem Martírio que conta a saga desse povo indígena. Participe e divulgue! Acesse http://catarse.me/pt/kaiowa

Expulsos de seus territórios sagrados, confinados em pequenas áreas, os Guarani Kaiowá vivem um cotidiano de guerra civil. São o lado frágil de um conflito que se arrasta há décadas, e que tem origem no início do processo de construção da política indigenista brasileira. Nos últimos dez anos, as degradantes condições de vida e o confronto entre índios e grandes proprietários de terra se acentuaram, especialmente na reserva indígena de Dourados.

À grave questão fundiária que envolve os Guarani Kaiowá vem somar-se uma série de ataques aos direitos indígenas no Congresso Nacional, especialmente por parte da bancada ruralista, e que se traduzem em propostas de emendas à Constituição (PEC 215) e Projetos de Lei Complementares (PLP 237), em desrespeito aos direitos conquistados pelos índios a partir da Constituição de 1988, que acaba de completar 25 anos.

O Vídeo Nas Aldeias

Criado em 1986, Vídeo nas Aldeias é um projeto precursor na área de produção audiovisual indígena no Brasil e seu objetivo, desde o início, é apoiar a lutas dos índios com vistas a fortalecer suas identidades e seus patrimônios territoriais e culturais, utilizando-se de recursos audiovisuais e da produção com eles compartilhada. O Vídeo nas Aldeias, que tem sua sede em Olinda (PE), possui um importante acervo de imagens sobre os povos indígenas no Brasil e exibe em seu currículo uma coleção de mais de 70 filmes, a maioria deles premiados nacional e internacionalmente, transformando-se em referência nesta área. (Saiba mais)

--

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.