Agrobiodiversidade: gente que planta futuro

Versão para impressão

No último dia 5 de junho celebramos o Dia Internacional do Meio Ambiente. Para comemorar, o ISA preparou um mês inteiro de conteúdos especiais sobre um tema importantíssimo para o futuro do planeta e dos povos: a agrobiodiversidade. O papel dos povos indígenas e populações tradicionais na manutenção da diversidade de espécies cultivadas é a garantia, não só de seu sustento, mas do direito de todos nós a um meio ambiente equilibrado.

Divulgar a agrobiodiversidade, os produtos dela derivados e seu uso pelas populações tradicionais é uma forma de proteger os conhecimentos que essas comunidades detêm. As populações tradicionais – extrativistas, caiçaras, quilombolas, ribeirinhos, agricultores familiares – são, em grande parte, responsáveis pela conservação da agrobiodiversidade e de seus sistemas ecológicos produtivos. Os conhecimentos que acumularam ao longo do tempo são o resultado da interação e do manejo da natureza, em moldes tradicionais, daí serem chamados de conhecimentos tradicionais.

Acompanhe a página do ISA no Facebook e nosso perfil no Instagram

Saiba mais sobre o tema no site Unidades de Conservação no Brasil do ISA

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.