Cogumelo Yanomami e Pimenta Baniwa chegam aos EUA com selo Origens Brasil

Programa: 
Versão para impressão
Roberto Almeida




A empresa Culinary Culture Connections, com sede nos Estados Unidos, iniciou nesta semana a comercialização da Pimenta Jiquitaia Baniwa e do Cogumelo Yanomami com o selo Origens Brasil para o público norte-americano.

A iniciativa Origens Brasil, desenvolvida em parceria entre o Imaflora e o Instituto Socioambiental (ISA), estabelece um elo entre consumidores, povos indígenas e populações tradicionais. É a primeira vez que produtos com o selo – um código QR que fornece informações sobre a origem dos produtos e histórias sobre os produtores e seus territórios – são comercializados no exterior de forma estruturada.

“A maioria [dos clientes] quer apoiar iniciativas que dão suporte aos povos indígenas e tradicionais e que contribuem para a preservação da Amazônia – e, ao mesmo tempo, ganhar uma experiência gastronômica única”, disse Gregory Prang, sócio-gerente da Culinary Culture Connections. “O selo Origens Brasil mostra o compromisso com a transparência e autenticidade dos produtos, aumentando a confiança na nossa empresa e os nossos produtos.”

Ao escanear o código QR do selo Origens Brasil, os compradores receberão informações sobre a origem dos alimentos, quem os produziu e como, e também dados históricos sobre os produtos e a comunidade de onde vieram.

O objetivo é valorizar e diferenciar a produção de base comunitária e reconhecer o valor que ela representa, por fomentar a proteção de territórios sob constante ameaça de grileiros, madeireiros e garimpeiros.

O Cogumelo Yanomami, por exemplo, tem um QR Code próprio em inglês (ver abaixo).



Os Cogumelos são um produto do sistema agrícola Yanomami. Ele é vendido em pó, em um blend, de 15 espécies de cogumelos nativos da Amazônia, e é resultado de um profundo conhecimento da ecologia e do manejo do seu ambiente que se transformou no livro Ana Amopö: Cogumelos Yanomami, vencedor do Prêmio Jabuti 2017 na categoria Gastronomia.

A Pimenta Jiquitaia Baniwa, que já é comercializada nos EUA há um ano, também tem agora seu QR Code em inglês. Produzida pelas mulheres Baniwa, a pimenta é uma mistura de pimentas desidratadas e piladas com sal, e seu cultivo faz parte do Sistema Agrícola Tradicional do Rio Negro, tombado como patrimônio cultural do Brasil.

Os recursos provenientes da venda dos cogumelos e da pimenta são integralmente destinados às comunidades produtoras.



Tanto o Cogumelo Yanomami e a Pimenta Jiquitaia Baniwa estão à venda online na loja do Instituto Socioambiental (acesse aqui) e em lojas em todo o Brasil. Conheça a linha completa de produtos com o Selo Origens Brasil aqui.

Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.