Morre o pajé dessana Raimundo Kissibi, do Alto Rio Negro (AM)

Versão para impressão

É com pesar que o Instituto Socioambiental recebeu a notícia da morte do Sr. Raimundo Kissibi Kumu Vaz, importante conhecedor da cultura Dessana, do Alto Rio Negro, noroeste amazônico.



Raimundo Vaz nasceu na região de Pari Cachoeira, no Rio Tiquié, em São Gabriel da Cachoeira e desde 2002 vivia na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé, próximo à Manaus onde se tornou um grande divulgador da cultura indígena do Rio Negro. O Kumu (como se chamam os pajés Dessana) ficou muito conhecido pelo seu trabalho como curador. Grande conhecedor de ervas, benzimentos e rezas, Raimundo sempre enfatizou a importância da fé no processo de cura. “O homem que está lá em cima é quem está fazendo o milagre. É ele que está curando, não o remédio. Foi ele que me deu esse pouquinho de dom, é através dele que eu curo.”

Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.