Campanha Y Ikatu Xingu completa 10 anos este mês

Programa: 
Versão para impressão

Criada durante o Encontro Nascentes do Rio Xingu, realizado em Canarana (MT), em 2004, a mobilização é um esforço singular de atores diversos que atuam na região

Em 2003, estimava-se que 33% da Bacia do Rio Xingu no Mato Grosso já tinha sido desmatada. A fragilidade do rio e a necessidade de trabalhar em sua conservação ficaram evidentes em meados de 1990, quando as lideranças do Parque Indígena do Xingu, localizado no nordeste de Mato Grosso, manifestaram sua preocupação com a ocupação e o desmatamento no entorno de sua área e com o processo de assoreamento dos rios que cortam o parque, afluentes do Rio Xingu.

Neste período, o ISA e lideranças indígenas iniciaram os primeiros diagnósticos sobre a situação e vislumbraram a necessidade de uma grande articulação para recuperar e proteger as nascentes do Rio Xingu. Assim, em 2004 nascia a "Campanha Y Ikatu Xingu - Salve a Água Boa do Xingu" que está completando 10 anos de ações para a recuperação e proteção das cabeceiras do Rio Xingu.

Confira a animação que mostra o desmatamento no entorno do Parque Indígena do Xingu no período de 1994-2003, antes do início da Campanha.


Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.