Rede de Sementes do Xingu busca mais sustentabilidade e autonomia

Programa: 
Versão para impressão

A maior rede de sementes nativas do Brasil inicia uma nova fase e procura parceria para elaboração de um plano de negócios



São mais de 560 coletores, entre indígenas, agricultores familiares e urbanos, 220 toneladas de sementes nativas coletadas de mais de 200 espécies. Com 11 anos de história, a Rede de Sementes do Xingu, que atua nas bacias do Xingu e Araguaia, se consolidou como a maior rede de sementes nativas do Brasil. [Saiba mais]

Agora, a Rede encara o desafio de elaborar seu novo plano de negócio. Com o apoio da organização Partnership for Forests (P4F), lança hoje (20), edital para contratar uma consultoria para o trabalho.

Acesse aqui a lista de respostas às perguntas recebidas antes do prazo final para recebimento de esclarecimentos.

Para assegurar completa transparência e justiça, esse edital foi também publicado no site do P4F e no Jornal Oficial da União Europeia.

Caso tenha dúvidas, fique à vontade para contatar Pedro Ferro por meio do e-mail Pedro.Ferro@partnershipsforforests.com.

Prazo final para recebimento de esclarecimentos: 10/01/2019.

Prazo final para recebimento de propostas: 17:00 (fuso horário de Brasília) de 25/01/2019.

Acesse aqui o edital em inglês e veja no box abaixo os documentos de apoio para inscrição, contendo os templates padrão de contratos (subcontract agreement, utilizado quando a contratada é uma companhia, e consultant agreement, utilizado quando a contratada é uma pessoa física) que a proponente vencedora deverá assinar após inclusão dos termos comerciais acordados, o questionário padrão de due diligence que a proponente vencedora deverá responder, uma apresentação da Rede e o Código de Conduta para parceiros.

Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.