Covid-19: Mulheres indígenas do Rio Negro lançam campanha de arrecadação

Esta notícia está associada ao Programa: 
"Rio Negro, Nós cuidamos!" é uma iniciativa da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn) para apoiar 750 comunidades de 23 etnias na luta contra o novo coronavírus
Versão para impressão

Com o sistema de saúde em colapso no Amazonas e sem nenhum leito de UTI nos municípios de São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos, a população indígena do Rio Negro está entre os grupos mais vulneráveis à pandemia de Covid-19 no mundo. Além disso, os números de contaminados cresce na Panamazônia e as extensas fronteiras brasileiras com a Venezuela e a Colômbia também preocupam os moradores da região mais preservada da Amazônia brasileira.

Quem mais protege a floresta amazônica, com isso mantendo seus benefícios ambientais e para o equilíbrio climático, está agora sendo ameaçado pela pandemia. Os dois primeiros casos de Covid-19 foram confirmados em São Gabriel da Cachoeira neste último domingo (26/04) e acendeu o alerta máximo para a transmissão comunitária no município. Com parte da população indígena vivendo no meio urbano e parte distribuída por 750 comunidades na bacia do Rio Negro, é urgente o isolamento social máximo.




Por isso, a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn), através dos esforços dos seus funcionários, parceiros e do Departamento de Mulheres Indígenas, lançou a campanha “Rio Negro, Nós Cuidamos!”.

A iniciativa visa captar recursos emergenciais para a compra de produtos de limpeza, ferramentas agrícolas, combustível, kits de pesca e alimentos não perecíveis, além da ampliação de serviços de comunicação fundamentais via radiofonia, carros de som e informes de áudio.

“Estamos apoiando nossos parentes a ficarem em suas comunidades e não virem para a cidade, onde o vírus já está circulando. Sabemos que o nosso único jeito de sobreviver a essa pandemia é fazendo o isolamento social”, reforçou Elizângela Silva, do povo Baré, liderança feminina da Foirn.

Para apoiar é fácil! Basta acessar o site https://noscuidamos.foirn.org.br/ e fazer a doação via cartão de crédito, PayPal ou depósito direto na conta do Fundo Foirn.

É hora de ajudar os 23 povos indígenas do Rio Negro a se manterem vivos e saudáveis. A campanha conta com apoio do Instituto Socioambiental (ISA) e a Foirn integra o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Covid-19 do município de São Gabriel da Cachoeira, com instituições como Funai, Exército Brasileiro, Diocese, Marinha, IFAM (Instituto Federal do Amazonas).

Juliana Radler
ISA

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.