'Lembrança, amizade e amor me fazem folha, fruto e flor'

Esta notícia está associada ao Programa: 
Gabriella Contoli, amiga e companheira de trabalho, dá nome a bosque plantado com sementes coletadas por povos e comunidades tradicionais
Versão para impressão




Familiares e amigos de Gabriella Contoli participaram no último fim de semana do plantio de um bosque em sua homenagem. Cientista social e comunicadora, Gabriella nos deixou em março deste ano depois de ter enfrentado bravamente um câncer durante sete anos, sem nunca perder a fé e a esperança.

A ação foi realizada no último sábado, 5 de dezembro, com sementes de 92 espécies florestais da Mata Atlântica e do Cerrado, coletadas por integrantes da Rede de Sementes do Vale do Ribeira, da Rede de Sementes do Xingu, da Rede de Sementes do Cerrado e outros coletivos de sementes.



Durante sua vida e atuação profissional, Gabriella sempre demonstrou proximidade e carinho com as comunidades tradicionais e suas lutas. Ela participava todos os anos da tradicional Feira de Troca de Sementes e Mudas Tradicionais das Comunidades Quilombolas do Vale do Ribeira, o que foi um incentivo para a homenagem.

“Foi uma experiência transformadora estar numa muvucada, ver aquele monte de sementes deitadas na lona, ouvir da dona Maria Tereza, elo da Rede de Sementes do Vale do Ribeira, do quilombo Nhunguara, contar a experiência dela e das famílias quilombolas, poder mexer coletivamente na muvuca e plantar. Poder lançar as sementes com a Rafa foi algo muito significativo e importante”, lembrou Marcos Wesley de Oliveira, companheiro de Gabriella e assessor do Programa Rio Negro do Instituto Socioambiental (ISA). Rafa é Rafaella, filha de Marcos e Gabriella. Ela tem hoje seis anos.

Raquel Pasinato, amiga de Gabriella e assessora do Programa Vale do Ribeira do ISA, também participou do plantio do último fim de semana. “A Gabi tinha um carinho muito especial pelos quilombolas e pelo Vale do Ribeira. Plantar um bosque em sua homenagem com as sementes da Rede do Ribeira compondo a muvuca tem o significado do amor e afeto eternizados em toda a vida que existe numa floresta”, disse.

O local onde foi realizado o plantio, a Fazenda São Roberto, em Itapeva (SP), é propriedade de amigos de Gabriella e um lugar frequentado por ela desde a adolescência. O Bosque Gabriella Contoli ocupa uma área de 20 mil metros quadrados na beira de um lago que secou. A estimativa é que o bosque terá aproximadamente 500 mil árvores. Cássio Jeha, um dos proprietários da Agropecuária São Nicolau, que administra a fazenda, explica que a homenagem foi pensada por Gabriella sempre ser muito próxima das comunidades tradicionais do Vale do Ribeira, além de uma amiga muito querida de todos.


A muvuca

A muvucada, mencionada por Wesley, foi a técnica utilizada no plantio deste fim de semana. Também chamada de muvuca, é uma mistura de sementes de diferentes espécies plantadas de uma vez para formar florestas. Ela possui menor custo em relação ao plantio tradicional de mudas e alto grau de eficácia na restauração florestal, além de envolver povos e comunidades no processo de coleta e beneficiamento das sementes.

A técnica é utilizada há mais de dez anos em plantios com as sementes coletadas pelo ISA em parceria com a Rede de Sementes do Xingu e desde 2018 pela Rede de Sementes do Vale do Ribeira. A Iniciativa Caminhos da Semente foi criada para difundir o conhecimento dessa técnica e ampliar a adoção por diferentes atores.



Adriano Saraceni Bandeira, diretor geral da Agropecuária São Nicolau, explica que a muvuca foi a técnica escolhida para a recuperação da área da Fazenda São Roberto por três fatores: o ambiental, o social e o econômico. “A gente gostaria que na nossa região a gente tivesse essa ligação entre a produção, a recuperação do meio ambiente e as pessoas, que são a parte mais importante disso tudo”, afirmou.


Victor Pires
ISA
Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.