Livro sobre o Cogumelo Yanomami vence o Prêmio Jabuti

Esta notícia está associada ao Programa: 
Obra editada pelo ISA vence a 59a. edição da premiação na categoria Gastronomia
Versão para impressão

Elaborado em iniciativa de pesquisa indígena e colaborativa intercultural, o livro Ana Amopö: Cogumelos Yanomami é o vencedor da 59a. edição do Prêmio Jabuti, a principal premiação literária do país, na categoria Gastronomia.


Escrito em sanöma, uma das línguas da família linguística Yanomami, e traduzido para o português, o livro resulta do trabalho de pesquisadores indígenas da região do Awaris, no extremo noroeste de Roraima, na Terra Indígena Yanomami, em parceria com pesquisadores do ISA, do INPA, do Instituto de Botânica de São Paulo, do Instituto Federal de São Paulo, do Instituto de Micologia de Tottori, no Japão e da UFMG.

O trabalho minucioso de catalogação de cogumelos comestíveis, eixo central da obra, promove um diálogo entre os conhecimentos dos indígenas sobre alimentos e os conhecimentos científicos. Um dos resultados da pesquisa, o Cogumelo Yanomami, vendido inteiro ou em pó, está nas prateleiras do Mercado de Pinheiros, em São Paulo, e na loja online do ISA.

O Cogumelo Yanomami é o 1º cogumelo comestível nativo da Amazônia a ser comercializado. Ele é parte de um esforço para garantir o bem viver dos Yanomami, no presente e no futuro. São mais de 15 espécies diferentes de cogumelos, alguns com sabor semelhante ao shiitake, outros com sabor surpreendente. A renda proveniente da comercialização do produto é inteiramente revertida para as comunidades indígenas

No momento, o livro Ana Amopö: Cogumelos Yanomami não está disponível para venda. Estamos trabalhando em uma versão atualizada. Se você tiver interesse em receber uma notificação quando a obra estiver disponível, envie um email para: relacionamento@socioambiental.org

Roberto Almeida
ISA
Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.