Manifestação em defesa do Parque do Iguaçu e das áreas protegidas vai ocorrer neste domingo

Esta notícia está associada ao Programa: 
Versão para impressão

O Parque Nacional do Iguaçu – orgulho brasileiro, Patrimônio Natural da Humanidade e lugar famoso mundialmente por conta das Cataratas – está sendo ameaçado. Ele é o segundo parque nacional mais visitado do Brasil, mas corre risco.

Em 2011, a zona de amortecimento do Parque (área que circunda a Unidade de Conservação e dá proteção adicional a ela) foi reduzida de 10 quilômetros para 500 metros. Mais recentemente, foi autorizada a construção da Usina Hidrelétrica Baixo Iguaçu, que afeta diretamente o Rio Iguaçu.

Agora, um Projeto de Lei (PL no 7.123/2010) propõe a construção da “Estrada-Parque Caminho do Colono”, que cortará ao meio um dos últimos remanescentes florestais contínuos de Mata Atlântica. A “Estrada-Parque” impactará e colocará sob ameaça a conservação da biodiversidade em Iguaçu.

Para a construção da estrada, o PL prevê ainda uma alteração da Lei 9.985/2000 do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), que prejudica não só o Parque Nacional do Iguaçu como as outras Unidades de Conservação nacionais (saiba mais).

Por essas razões, no próximo domingo (23/6), às 10h30, será realizado um Ato Público em Defesa do Parque Nacional do Iguaçu. A mobilização acontecerá na área de visitação do Parque Nacional do Iguaçu, em frente às Cataratas (Hotel das Cataratas), em Foz do Iguaçu (PR).

O ato está sendo promovido por uma série de organizações ambientalistas locais, regionais e nacionais, entre elas a Rede de ONGs da Mata Atlântica (RMA), Fundação SOS Mata Atlântica, ISA (Instituto Socioambiental), Instituto Mater Natura, Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia (ADERE), Associação de Defesa e Educação Ambiental de Foz do Iguaçu (ADEAFI) e Rede Verde.

Os interessados em participar entrarão gratuitamente no Parque Nacional do Iguaçu. Basta estar no portão entre 9h30 e 10h, de onde seguirão em ônibus até o Hotel das Cataratas. Haverá ônibus saindo do Bosque Guarani (atrás do Terminal de Transporte Urbano) e do Hotel Mabu (evento Fórum Mundial do Meio Ambiente), às 9h30. Para os interessados em participar com bicicleta, o Passeio Ciclístico “Defensores do Parque Nacional do Iguaçu” sairá do Hotel Mabu, às 9h30, em direção ao Parque.

Áreas protegidas

Apesar de porção significativa de o território brasileiro ter sido oficialmente reconhecida como área protegida (Unidade de Conservação, Terra Indígena e Território Quilombola), os dados disponíveis comprovam que essa proteção não é efetiva. O patrimônio ambiental contido nessas áreas não é tratado com a devida prioridade nem recebe investimentos adequados. Dos 69 Parques Nacionais, apenas 26 estão abertos à visitação e somente 18 teriam hoje infraestrutura satisfatória para atender os turistas (saiba mais).

Assessoria de comunicação do SOS Mata Atlântica
ISA
Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.