Ocupação indígena em Belo Monte (PA) continua

Esta notícia está associada ao Programa: 
Indígenas, pescadores e ribeirinhos continuam no canteiro onde está sendo construída a casa de força principal da usina. Confira fotos e vídeo enviados hoje (7/4), pela repórter do ISA, Letícia Leite, direto de Vitória do Xingu (PA)
Versão para impressão

Indígenas de diversas etnias - Munduruku, Juruna, Kaiapó, Xipaya, Kuruaya, Asurini, Parakanã, Arara, pescadores e ribeirinhos prosseguem com a ocupação iniciada na última quinta-feira (2/5), no local onde esta sendo construída a casa de força principal da usina de Belo Monte, a 50 km da cidade de Altamira-PA. Eles exigem ser ouvidos pelo governo. (Leia notícia sobre a ocupação). Entretanto, nesta segunda-feira (6/5), a Secretaria-Geral da Presidência da República informou em nota que não irá negociar e que o estabelecimento do diálogo está condicionado à saída dos coupantes do canteiro de obras. Confira a seguir uma sequência de fotos e um vídeo da ocupação, enviados hoje (7/4), pela repórter do ISA, Letícia Leite, direto de Vitória do Xingu.

Veja mais na galeria abaixo.

Instituto Socioambiental
ISA
Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.