Organizações da sociedade civil se mobilizam contra licenciamento de mineradora no Xingu

Esta notícia está associada ao Programa: 
A pouco mais de 10 km da usina de Belo Monte, o maior projeto de mineração de ouro do Brasil, da empresa canadense Belo Sun, está prestes a receber licença ambiental
Versão para impressão

Mais de 40 organizações do Brasil, Canadá, Estados Unidos e Europa que atuam na defesa do meio ambiente e dos direitos humanos iniciaram uma campanha pública na internet, nesta semana, para arrecadar assinaturas contra o licenciamento do projeto da Belo Sun (Assine aqui).

As organizações também publicaram uma carta (leia aqui) alertando para os riscos socioambientais e irregularidades do licenciamento. Um vídeo independente também circula na internet.

O chamado “Projeto Volta Grande” fica no Rio Xingu, em um trecho logo abaixo da barragem de Belo Monte. A Belo Sun pertence ao grupo canadense Forbes e Manhattan e aguarda a licença da Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Pará (Sema-PA) para iniciar a obra. Veja no mapa abaixo e clique para ampliar.

O Instituto Socioambiental (ISA) assina a carta. Em janeiro, uma análise técnica do ISA foi enviada à Sema com um alerta sobre os impactos cumulativos de Belo Sun e Belo Monte, podendo gerar graves riscos socioambientais à região. (Saiba mais).

O Ministério Público Federal identificou várias irregularidades no licenciamento e recomendou à Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) em setembro de 2013 que não dê licença ao projeto. (Saiba mais)


Mais informações para a imprensa
:

Instituto Socioambiental ISA - Letícia Leite (61) 8112-6258
leticialeite@socioambiental.org

Amazon Watch - Christian Poirier – (61) 8198-5502
christian@amazonwatch.org

Ministério Público Federal – PA Helena Palmquist (91) 3299-0148
helena@prpa.mpf.gov.br

Leticia Leite
ISA
Imagens: 
Arquivos: 
AnexoTamanho
Ícone de PDF carta_publica_belo_sun_nao.pdf705.96 KB

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.