Participação na política e luta pela terra: mulheres indígenas abrem ATL 2018

Esta notícia está associada ao Programa: 
Propostas e reivindicações deverão ser incluídas em documento final do acampamento
Versão para impressão

Mulheres indígenas lotaram a tenda principal do Acampamento Terra Livre (ATL) 2018, na tarde desta segunda-feira (23), durante seu primeiro dia. Lideranças de diversos povos falaram sobre a importância de sua participação na política, luta pela terra, saúde de qualidade e educação diferenciada. Foram mais de três horas de plenária e dezenas de mulheres se revezaram ao microfone.

Leia toda a reportagem no blog da Mobilização Nacional Indígena

Mobilização Nacional Indígena
Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.