Povos indígenas isolados rejeitam contato forçado

Esta notícia está associada ao Programa: 
Release divulgado pela ONG britânica Survival International informa que índios Guajajara denunciaram os pesquisadores norte-americanos Kim Hill e Robert Walker por forçar o contato com seus vizinhos Awá Guajá isolados, e advertiram sobre as consequências catastróficas que isso trará
Versão para impressão

Embora se saiba pouco sobre os índios isolados amazônicos, sabe-se com certeza que eles correm risco de extinção, a não ser que seus direitos sejam respeitados, como o de se manterem isolados. Um vídeo gravado pela Survival, que faz parte de seu projeto Voz Indígena, mostra como indígenas Guajajara, conhecidos como “Guardiões Guajajara,” estão agindo para proteger seus vizinhos isolados, os Awá. Os Awá, como os Guajá se autodenominam, somam 365 pessoas. Sessenta deles são isolados.

O líder dos Guardiões, Olímpio Guajajara, disse: “Nós estamos aqui… fazendo o monitoramento da terra em prol da defesa dos índios isolados e dos Guajajara que existem aqui dentro da nossa terra. Por que? Porque existem certas pessoas, ou antropólogos de qualquer país que vêm querer violar, mais uma vez, os direitos dos índios isolados no nosso país.”

Olímpio também denunciou que alguns antropólogos querem fazer o contato controlado com os índios isolados. "Nós não vamos permitir que isso aconteça, porque é mais um genocídio de um povo… de um grupo indígena que não quer o contato.” Leia mais e veja o vídeo na página da Survival na internet:http://www.survivalinternational.org/ultimas-noticias/11267

Com informações da Survival International
ISA
Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.