Raisg é a principal fonte de mapa da National Geographic sobre Amazônia

A prestigiada revista norte-americana National Geographic acaba de lançar em escala mundial, um especial sobre a Amazônia, acessível por meio de uma plataforma interativa online para quem quiser navegar e pesquisar informações sobre o bioma
Versão para impressão


Informações sobre os ecossistemas amazônicos, áreas protegidas e territórios indígenas, pressões e ameaças estão disponíveis ao público por meio de uma plataforma interativa on line. Clique aqui para acessar a plataforma .

O mapa que utilizou dados da Rede Amazônica de Informação Socioambiental Georreferenciada (Raisg) será encartado na edição de novembro da revista em inglês e pode ser acessado aqui.

A Rede Amazônica de Informação Socioambiental Georreferenciada (Raisg) congrega organizações da sociedade civil dos países amazônicos e os dados contidos em suas publicações sobre mineração, petróleo, hidrelétricas, limites amazônicos e áreas protegidas e territórios indígenas na Amazônia foram utilizados pela National Geographic para elaborar o mapa. Saiba mais.

ISA

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.