Gestão das Terras Indígenas das bacias do Rio Negro e Xingu

Parceiro(s)/Financiador(es): 
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - Fundo Amazônia (BNDES-FAM)
Programa(s) Relacionado(s): 

Objetivo do projeto

Apoiar a elaboração/consolidação/implementação dos Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTAs) na região do Alto Rio Negro (Tis Alto Rio Negro, Rio Apapóris, Cué-Cué, Marabitana, Balaio, Médio Rio Negro II e II e Rio Téa); TI Yanomami e Território Indígena do Xingu (TIX).

Parceiros no projeto

É executado por parceiros locais, sendo o Instituto socioambiental (ISA), a organização aglutinadora das ações. As ações propostas e atuação dos parceiros está assim estruturada: na Bacia do Rio Negro, a parceria é com a Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn) e suas coordenadorias, e com a Hutukara Associação Yanomami (HAY). No Xingu, os parceiros são a Associação Terra Indígena Xingu (Atix) e a Coordenação Regional da Funai.

Outras informações

Para saber mais detalhes sobre o projeto acesse:

Página do projeto no Fundo Amazônia

Publicações relacionadas ao projeto

Série Governança e Bem Viver Indígena: Planos de Gestão Territorial e Ambiental das Terras Indígenas do Alto e Médio Rio Negro
Volume 1
Volume 2
Volume 3
Volume 4

Informe GT PGTA Rio Negro, novembro de 2017

Resumo Executivo II GT PGTA Rio Negro, novembro de 2017

1º Relatório Executivo PGTA Terra Indígena Yanomami

2º Relatório Executivo PGTA Terra Indígena Yanomami

Editais e formulários de inscrição

Apoio a iniciativas comunitárias (AIC) 2017

Veja aqui o resultado do 1º edital AIC 2017

Apoio a Iniciativas Comunitárias (AIC) 2018

Veja aqui o resultado do 2º edital AIC (2018)

2016 PROJETO EM EXECUÇÃO