Histórias tuyuka de rir e de assustar

Versão para impressão

Trata-se de uma coletânea de histórias que os tuyuka costumam contar em festas, reuniões, visitas. Essa tradição oral milenar entre eles passou a ser escrita e as histórias foram lançadas em 2003 em língua tuyuka, no livro Kiti wederira tuoarira. Traduzí-las para o português significa fortalecer a cultura dos tuyuka que habitam o Alto Rio Tiquié, na região do Alto Rio Negro, noroeste amazônico, além de divulgar o trabalho desenvolvido pelos índios ao público leigo, aos não-índios e às órganizações que trabalham com educação indígena. O livro foi publicado pela a Associação Escola Indígena Utapinopona Tuyuka com apoio do Instituto Socioambiental e da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (Foirn). Essa escola indígena foi criada e organizada por cinco comunidades tuyuka em 2000 para estabelecer um novo modelo de ensino que respeitasse sua identidade e fortalecesse sua cultura. Até ali, a educação na região era feita por missionários salesianos, presentes na região desde 1920, que que adotaram a estratégia oficial do governo brasileiro de integrá-los à sociedade nacional, proibindo-os de usar suas línguas nas escolas.

Disponibilidade: