Direitos Indígenas

Mobilização em defesa de direitos indígenas começa nesta terça, em Brasília

Confira programação do Acampamento Terra Livre 2016. Estão previstos debates, protestos, encontros com autoridades e atividades culturais. No final da manhã desta terça, acontece coletiva de imprensa

Participe da campanha: Assina, Dilma! Antes que seja tarde!

Participe da mobilização relâmpago pela assinatura de decretos e portarias declaratórias das Terras Indígenas que ainda estão paradas nas gavetas do Ministério da Justiça e da Presidência da República. A hora de apoiar a luta dos povos indígenas por suas terras é agora. Antes que seja tarde

O plano dos ruralistas para detonar o Brasil

A bancada ruralista entregou ao vice presidente Michel Temer uma série de reivindicações, entre elas a paralisação e revisão das demarcações de Terras Indígenas e a extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Confira a seguir o artigo de Márcio Santilli, sócio fundador do ISA, sobre essas propostas

Acampamento Terra Livre reúne indígenas de todo país em Brasília na luta por seus direitos

Representantes de povos indígenas de todas as regiões estarão em Brasília, entre 10 e 13 de maio, para cobrar demarcações de Terras Indígenas e lutar contra ameaças e retrocessos aos seus direitos. Evento faz parte da Mobilização Nacional Indígena, é organizado pela Apib e apoiado pelas organizações indigenistas

Em instalação de conselho, ministro pede desculpas por omissão do governo Dilma em demarcações

Titular do Ministério da Justiça, Eugênio Aragão assume erros da atual administração petista na política de demarcações. Em 13 dias no governo, ele declarou cinco Terras Indígenas e destravou processos de identificação na Funai. Expectativa é que presidente assine novas homologações de áreas até sexta

Relatora da ONU critica omissão do governo e impactos de grandes obras sobre povos indígenas

Propostas do Congresso, grandes empreendimentos, violência e omissão na demarcação de terras foram algumas das principais ameaças abordadas pela relatora da ONU para povos indígenas na coletiva de imprensa que fechou sua visita de dez dias ao Brasil

Relatora da ONU para povos indígenas visita aldeias atingidas por Belo Monte

Victoria Tauli-Corpuz ouviu denúncias sobre a cooptação de lideranças indígenas, destruição do modo de vida tradicional e do meio ambiente no Rio Xingu. Ela prometeu fazer um relato sobre a situação ao governo brasileiro antes de sua partida do país, no fim desta semana. Amanhã, dará uma entrevista coletiva em Brasília sobre toda a visita ao Brasil

ISA entrega à relatora da ONU dados do aumento de invasões e desmatamento na Terra do Meio (PA)

Levantamento feito pelo ISA revela que destruição da floresta voltou à região, no centro-sul do Pará. Área com “corte raso” cresce 41% e ampliação de estradas de madeireiras ilegais explode em vários pontos. Lideranças indígenas denunciam roubo de madeira e outros crimes nas Terras Indígenas Cachoeira Seca e Apyterewa

Projeto de geração de energia eólica e solar em Terra Indígena vai sair do papel

Parceria entre ISA, Conselho Indígena de Roraima e Universidade Federal do Maranhão, projeto Cruviana surgiu como alternativa à construção de hidrelétricas e será o primeiro sistema de geração eólica em Terra Indígena do Programa Luz para Todos

Relatora especial da ONU para direitos indígenas inicia visita ao Brasil hoje

O ISA é umas das organizações que vai acompanhar a agenda de Victoria Tauli-Corpuz e reunir-se com ela para tratar de temas como o garimpo na TI Yanomami (RR/AM) e violações de direitos decorrentes da construção de Belo Monte, por exemplo. Acompanhe a visita, de 7 a 17/3, no site e nas redes sociais do ISA

Páginas