Blog do Monitoramento

O blog De Olho nas Áreas Protegidas é uma publicação editada pelo Programa de Monitoramento de Áreas Protegidas do Instituto Socioambiental. Com base na pesquisa e sistematização diárias de informações oficiais e de mais de cem fontes diferentes, analisamos a situação das Terras Indígenas e Unidades de Conservação no Brasil e dos povos que nelas vivem.

Fique sabendo o que aconteceu entre 04 de outubro a 10 de outubro de 2019

O nome do povo nos documentos legais: um passo para a conquista desse direito. Veja esses e outros destaques da semana. Confira também os principais destaques relacionadas os Diários Oficiais, como nomeações na FUNAI e regulamentação de eventos em unidades de conservação federais

Fique sabendo o que aconteceu entre 20 a 26 de setembro de 2019

Justiça determina retomada de estudos da TI Cambirela, portaria da Advocacia-Geral da União cria força tarefa, ação integrada entre órgãos na Amazônia Legal, decreto amplia o prazo para o emprego de Forças Armadas na Amazônia Legal: esses e outros destaques estão dos Diários Oficiais da sema

Fique sabendo o que aconteceu entre 06 a 12 de setembro de 2019

Nesta semana destacamos a alteração, pela terceira vez, da Etapa Nacional da 6ª Conferência Nacional de Saúde Indígena e a publicação dos perfis da famílias extrativistas das Reservas Extrativistas do Ciriaco e Marinha do Delta do Parnaíba, além do estabelecimento de procedimentos para condução d

Fique sabendo o que aconteceu entre 30 de agosto e 5 de setembro de 2019

As declarações do general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), foram o destaque da semana sobre a revisão das demarcações de terras indígenas, o que é vedado pela Constituição Federal. As afirmações do ministro-chefe do GSI provocaram reações de repúdio de lideranças indígenas e de organizações da sociedade civil

Fique sabendo o que aconteceu entre 23 e 29 de agosto de 2019

Os incêndios que estão devastando a Amazônia continuaram nesta semana e o governo tomou medidas para conter o fogo como o decreto que suspendeu queimadas por 60 dias. O presidente Bolsonaro continuou recusando ajuda internacional aumentando a preocupação com o futuro da Amazônia. As imagens da devastação foram exibidas em fotos e em vídeos tanto na imprensa televisiva e digital quanto impressa. Saiba mais.

Páginas