Comunidades quilombolas do Vale do Ribeira (SP) iniciam discussão para inserir seus territórios no Cadastro Ambiental Rural (CAR)

Programa: 
Versão para impressão

Nesta segunda-feira, (26/11) o ISA realizou oficina de trabalho, no quilombo São Pedro, em Eldorado (SP), com a participação da comunidade quilombola de Morro Seco, de Iguape (SP). A atividade faz parte das ações de implementação do planejamento territorial das duas comunidades São Pedro e Morro Seco, apoiadas pelo Funbio.

O objetivo da atividade foi dar às comunidades a oportunidade de discutir as mudanças no Código Florestal e entender os impactos sobre os territórios quilombolas e também para definir suas áreas de Reserva Legal e os excedentes de floresta, que poderão futuramente dispor para compensação.

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é uma exigência do novo Código Florestal e os territórios quilombolas de todo o Brasil terão que se cadastrar. A proposta é assessorar tecnicamente as duas comunidades a inserir seus dados no sistema paulista, o Sicar. Com este trabalho espera-se levantar as dificuldades e contribuir com informações que ajudem a melhorar o sistema para que outros quilombos do Vale e do Brasil tenham menos dificuldades em se cadastrar.

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.