Yanomami e Ye’kwana avançam em estratégias sobre uso do dinheiro e proteção territorial

As reflexões sobre o dinheiro tiveram como base um levantamento do ISA que apontou a entrada de R$ 9,8 milhões anuais na Terra Indígena Yanomami vindos de salários de funcionários indígenas e do Bolsa Família

PGTA do Rio Negro: levantamento socioeconômico avança nas TIs do Alto e Médio Rio Negro

A terceira reportagem da série sobre os Planos de Gestão Territorial e Ambiental (PGTAs) no Rio Negro conta como está sendo feito o levantamento socioeconômico nas Terras Indígenas do Médio Rio Negro I e II, que vai orientar as comunidades a organizar a vida em seu território

Páginas