Arquipélago de Anavilhanas completa 33 anos de proteção

Versão para impressão

Com aproximadamente 340 mil hectares, a Estação Ecológica Anavilhanas localiza-se no Estado do Amazonas, nos municípios de Manaus (30% de sua área) e Novo Airão (70% de sua área). A Estação foi criada no mesmo ano em que foi publicada a Lei Federal nº 6902, que dispõe sobre a criação de Estações Ecológicas e Áreas de Proteção Ambiental.

Em outubro de 2008, a Estação Ecológica teve sua categoria alterada para Parque Nacional, a fim de melhor compatibilizar sua atividades com a grande demanda de turismo oriundo de Manaus, buscando também harmonizar as relações entre as comunidades do entorno com ações de bases sustentáveis.

O Parque apresenta formações florestais diversas. A parte fluvial, com mais de 400 ilhas, de aproximadamente 130 km de extensão e 20 km de largura em média, representa 60% da unidade, enquanto a porção de terra firme é de 40%.

Atualmente, um dos maiores atrativos turísticos é a interação com os botos-vermelhos (também conhecidos como botos cor de rosa), uma atração turística independente que existe há mais de 17 anos. Por estar nos limites do Parque, em 2010 foi criado o Grupo de Trabalho Botos, formado por instituições de pesquisa, comunidade e órgãos gestores para possibilitar um turismo com os botos de forma participativa e democrática.

Além disso, belíssimas paisagens, praias e trilhas de observação, trilhas aquáticas de igapó, proporcionam contato com o ambiente amazônico. Há algumas possibilidades de passeios de barco e visitas às comunidades tradicionais ribeirinhas, além do belo artesanato de Novo Airão.

Segundo dado do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisa Espacial), o Parque tem cerca de 2 mil hectares de desmatamento acumulado.

O acesso a partir de Manaus pode ser feito de carro, taxi-lotação, ônibus ou barco e vale a pena!!

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.