Em carta ao MPF, ISA e ONGs pedem retomada de força-tarefa na Amazônia

Versão para impressão

Iniciada em agosto de 2018 para coibir crimes ambientais na região, a operação foi encerrada em fevereiro deste ano e ainda não há previsão de retorno das atividades

Em carta endereçada ao procurador-geral da República, Augusto Aras, ao Conselho Superior do Ministério Público Federal (MPF) e às Câmaras de Coordenação de Meio Ambiente e de Populações Índigenas e Tradicionais, o Instituto Socioambiental (ISA) e outras 55 ONGs pediram a retomada da Força-Tarefa do MPF na Amazônia.

Encerrada em fevereiro deste ano, a operação agia desde agosto de 2018 contra crimes ambientais na região. "Os seguidos retrocessos nas políticas ambientais e a diminuição das ações de fiscalização têm deixado o caminho livre para o avanço de ações criminosas e da degradação ambiental na Amazônia", sublinharam as organizações da sociedade civil na correspondência, enviada na terça-feira (20/7).

Imagens: 

Comentários

O Instituto Socioambiental (ISA) estimula o debate e a troca de ideias. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião desta instituição. Mensagens consideradas ofensivas serão retiradas.